Resenha: Fiquei com o seu Número!

Postado por Anne Gattini 24 comentários

esmalte: babado de gala, acho que é da risque 

Ganhei esse livro semana passada, quando tirei dois dentes ciso (não recomendo, não é legal e semana que vem vou tirar mais 2, afff) mesmo não podendo deitar do lado que eu prefiro, tendo que ficar com a cabeça levantada e apesar das 462 páginas com margem quase nula, devorei ele rapidinho! 
O livro conta a história da Poppy Wyatt -ok, amei esse nome- que perde seu anel de noivado valiosíssimo, que está há três gerações na família do noivo e para complicar a situação, também tem o seu celular roubado. Poppy então, acha um celular na lixeira e pode passar o número para as faixineiras do hotel ligarem, se acharem o tal anel. Porém, esse celular era da ex assistente de Sam, que também precisa do número para receber as mensagens e emails de trabalho. Então, Sam deixa Poppy ficar com o celular mas, com a condição de dividir o número com ele e encaminhar tudo o que receber do trabalho dele para o seu escritório e assim, eles acabam ficando cada vez mais próximos e "algo com que eles não contavam, pode acabar se tornando uma agradável surpresa" 


Uma coisa que me irritou um pouquinho na escrita da Sophie Kinsella em "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom" é que ela enrola demais para a história realmente acontecer mas, dessa vez eu não senti muito isso, foi uma leitura bem gostosa e o final gente, que final! ♥ 
A Poppy é bem desastradinha, uma característica até marcante das personagens da Sophie, e gente, que homem é esse Sam? Entrou na lista de "personagens-maravilhosos-que-eu-poderia-conhecer-um-dia" hahaha 





Eu me encantei muito com a capa, principalmente essas ilustrações de Londres e seus principais pontos turísticos, aonde se passa a história mas, sofri bastante com essa margem mínima, nossa! 
No meio da história tem vários sms's, que embora não tenham aquelas caixas em volta, como na maioria dos livros, são bem identificados pela fonte diferente. 


meio desfocado masok


Gostaram da resenha? Tem alguma coisa que eu preciso melhorar? Vocês tem vontade de ler Fiquei com o seu Número? Quais são os próximos livros na wishlist de vocês?
Vocês podem pedir posts pelos comentários ou então por aqui {www}
Beijo grande,
Anne!














Comprinhas: Sweet Fifteen Years Trip I

Postado por Anne Gattini 13 comentários
Desculpem pela sumidinha, dessa vez vim mostrar as comprinhas da minha viagem! Eu não precisei comprar nenhuma mala extra, diferente da maioria das pessoas que fazem esse tipo de viagem (só uma mini malinha de mão com rodinhas, que minha mãe queria masok) e só comprei coisas que eu tinha certeza que ia usar (quando eu viajar sozinha vou comprar umas coisas mais bizarras, tipo aqueles óculos estranhos, e várias croppeds estampadas), vou fazer dois posts, esse primeiro tem roupas, acessórios e maquiagens, o próximo vai ter os souvenirs (: Quem quiser conferir os outros posts da viagem ~> Paris {www}, Eurodisney {www} e Londres {www}!





Ambas as "blusas" são da topshop, a primeira é cropped e é cheia de pelinhos, amor demais! A segunda fica a coisa mais fofa do mundo no corpo e ambas são bem quentinhas! Lá na topshop eu quase comprei meu vestido de formatura, mas na hora de pegar eu fiquei pensando "poxa, será que eu não to gastando dinheiro atoa?" e agora estou com a conciência pesada :/ 
Ah, eu não guardo nenhuma delas no cabide não viu? Só coloquei assim porque ficou melhor nas fotos! 

desculpem as blusas amassadinhas 
A primeira (clichê, mas quem nunca?) e a terceira (o desenho dela é todo em pedrinhas ♥), são da Cool Britannia a loja mais enlouquecedora 4eva, tem cada souvenir tudo de bom, sério amei demais, queria levar TUDO pra casa e tem uma dessas em cada esquina! A do meio, está escrito "eu vou bem, em você?" em fracês e foi da Zara! 
Eu também comprei uma blusa da GAP, mas está lavando e não tive como tirar fotos! 



Na Sephora (gente, lá você é hiper bem atendido) eu comprei esse delineador que é muuuito bom por sinal, e essa paleta, que na verdade é para olhos castanhos e eu comprei igual =) as cores são bem "nude" é ensina a fazer duas makes diferentes, uma mais simples e outra hiper glam! 

não gostei dessa foto e já usei MUITO de todos os produtos HEHEHE 



Eu nunca tinha ouvido falar da bareMinerals, mas um dia já tarde, eu vermelha de calor e de estar tanto tempo sem base, estava na Sephora e uma moça super simpática se ofereceu para me maquiar, eu amei o trabalho dela e todos os produtos que ela usou! Convenci minha mãe de comprar (confesso que nem sei o que vou fazer depois que acabar), na ordem tem o melhor pó do mundo, um gloss vinho, lindo e diferente (esse foi presente, preciso repetir que a vendedora era muito querida), o corretivo (estou economizando pra caramba pra ver se dura pra sempre) e o primer (primeiro que usei, ameeeeei!)





Estava doidinha com esse rímel e o pincel em forma de coração hahaha, trouxe até 1 para minha prima, me fugiu o nome da loja, mas ela é bem grande e fica na Champs Elysees! 
Já os batons da MAC, Ruby Woo e Gel, eu comprei no freeshop na ida (acho que só não sai mais em conta se você for pros EUA) dica básica: não use batom vermelho em Paris se o seu hotel ficar em Pantin, eles vão achar que você é puta e não é uma sensação legal :/



Os dois últimos colares foram da Forever 21, paixão a primeira vista e não saíram mais que 5 euros cada! Já o primeiro foi da Accessorize, eu comprei no ferry atravessando o Canal da Mancha mas vi a loja em Londres também!


O anel de laço (♥) é Forever 21, e foi 1 euro e pouco (♥) as pulseirinhas foram na lojinha que fica na parte de cima da Tour Eiffel! 


Todas as meias vieram em conjuntinhos com várias, mas eu resolvi fotografar uma de cada pra vocês entenderem melhor! A primeira, de cachorrinho é amor demais e eu comprei numa loja que não lembro o nome, mas foi na rua paralela a Piccadily Circus! 
A com a bandeira do Reino Unido, foi da Cool Britannia (sério, tem de tudo lá e é amor demais) e por fim, essa simplesinha (uma pacotinho com 1982723290379 mil, era hiper barato) foi da Primark, uma loja que dá pra enlouquecer com tanta coisa barata se você tiver paciência e tempo, o que eu não tinha aff :/ 

Comprinhas Parte I ok, o que vocês mais gostaram? Tem alguma coisa que quando vocês forem para a Europa, querem comprar também? Querem post com dicas?! Estão gostando dos posts sobre a minha viagem? 
Beijos, 
Anne! 






Naufragando pelo Canal da Mancha: Londres!

Postado por Anne Gattini 26 comentários

Chegamos em Londres pelo caminho mais comprido, Paris -> Eperlecques (aonde tem o bunker da Segunda Guerra Mundial) -> Ferry Boat (que atravessa o canal da mancha) -> Londres, na verdade tudo isso dava para ser feito num trem bala em 2 horas e ainda mais barato, gastamos o dia inteiro (obgda agencia de viagens e europa mundo) mas valeu a experiencia, afinal eu estava em Londres e tudo valia a pena <3 


Para compensar o hotel péssimo de Paris (com direito a sofá cama ao invés de cama), esse ficava pertinho da St. Pancreas Station, a estação de Harry Potter e eu era obrigada a passar lá todos os dias <3 no primeiro dia, chegamos de noite e não queriamos nos deslocar muito, descobrimos uma rua pertinho cheio de pubs com um restaurante italiano que tem um clone do Zac Efron como gerente #apaixonei. 

foto clichê, porem é amor. 

Na manhã do dia seguinte, pegamos o ônibus da excursão e "conhecemos" do verbo, passamos em frente á grande parte dos pontos turísticos, que depois fomos voltando de metrô ou com os ônibus tipo o L'Open Tour (que eu expliquei mais ou menos como funciona no post de Paris {www}).



Pela internet mesmo você pode comprar um pacote de "London Eye + London Aquarium + Madame Tussands" com um descontinho e furando filas, ajuda muito viu? Foram com certeza meus três super momentos em Londres, aqueles pontos turisticos obrigatórios que acabam te fazendo ter certeza que "era eu mesma que estava ali? *o*" 

fotos que me aparecem pra vocês que reclamam ueheuehue 
podem perceber o porque deu preferir fotografar e nao ser fotografada


Quem compra esses "pacotes" pode assistir um filme 4D super legal, o "London Eye 4D Experience" e no Madame Tussand (amei tudo lá) também tem outro desses filmes, que são super bem feitos! 
Uma coisa que ninguém conta: dentro da London Eye tem ar condicionado, banquinho e tablets (minha mãe passou uma parte da volta só conversando com uma outra brasileira, tipo an?) gira bem devargazinho e por mais cheia de faniquitos que você for, não vai ter medo de jeito nenhum. 
Na hora de entrar no London Aquario, você passa por uma "ponte" de vidro e os tubarões lá embaixo, é muito loucoooooo, cada parte do "museu" tem um mapinha que mostra em qual parte do continente você "está" por exemplo, na parte da Antártica, você vê hmmmmmmmmmmmmmmmm pinguins
O Madame Tussands (se fala tussô, demorei pra aprender) tem vários "circuitos" ok, eu achava que era uma sala só, você não é obrigada a passar pela parte de terror,é tudo hiper bem feito e tem algumas coisas interativas, lugares que você pode tirar foto com a ~tia Beth~ por exemplo, e depois comprar a foto ou um livrinho com as melhores!  

       

A melhor sensação do mundo para mim é com certeza sair de uma estação de metro e olhar as horas no Big Ben, e cara, que saudade! 
Em Londres tem "algumas-super-ruas-maravilhosas-de-compras-e-tudo-de-bom" que estavam hiper lotadas, mas realmente tem todas as lojas que você fica pensando "nossa, eu tenho que entrar alguma vez" são elas: Oxford Street, Piccadilly Circus, Regent Street entre outras, deixamos nosso último dia para fazer compras (embora minha ideia era ir no observartório de Greenwich). 

                    
Quero voltar lá, para morar e ser feliz para sempre, pode? Toda a viagem surgiu por causa >desse< lugar que acabou sendo o que eu fiquei menos tempo, mas vale super a pena! Quase chorei de saudades para fazer esse post #confissão, num livro que eu recebi da editora Pulp ( ainda vou falar mais dele) falava que existia uma tal depressão pós viagem e eu cheguei a dar risada, mas agora acho que estou sofrendo disso hein? 
Estão gostando dos posts sobre a viagem? Quem tem vontade de conhecer Londres? Querem posts de dicas e de comprinhas? Qual o destino do sonho de vocês?
Um beijo grande, 
Anne!

PS: TNKS GODDDD <3
PSS: NOTHING IS IMPOSSIBLE, ANYTHING CAN HAPPEN.

DIY: Mural de cortiça!

Postado por Anne Gattini 12 comentários


Eu sempre achei murais de cortiça bem legais e enquanto não ganho meu super-hiper-perfeito papel de parece que ok, vai demorar um pouco, resolvi enfeitar minha parede com um deses. Hm, não sabe do que eu tô falando? São esses quadros bonitinhos, que possibilitam prender vários recadinhos, fotos e outras lembranças com alfinetes! 



O meu ficou bem simples e eu ainda pretendo mudar as coisas que estão pregadas nele (preciso de money pra revelar umas fotos novas e tal...) mas para fazer é super fácil, usei esse tutorial, {www} que está bem explicadinho... 
Você precisa de um tecido (eu queria um galaxy, mas ia ficar mais caro então optei por essas awn florzinhas awn), um quadro de cortiça (vende em todas as papelarias e não é muito caro, 20 reais mais ou menos), tinta branca (para pintar as bordas), cola, espátula e alfinetes! 

PRA QUE CRESCER, MEU DEUS? UEHUEHEU 

  • Primeiro, pinte as bordas com uma cor de sua preferência, eu escolhi branco porque não tinha pensado no tecido! Deixe secar direitinho e passe algumas camadas. 
  • Depois, passe bastante cola na parte da cortiça e vá colocando o tecido em cima (pedi uma ajudinha para a mamãe #quemnunca) 
  • Empurre com a espátula a beradinha do pano para dentro da moldura...
  • Decore! 
                                                                   ok, o link tem imagens e vocês vão entender melhor! 



Comprei alfinetinhos azuis que são amor demais e coloquei o mapa da Eurodisney e as entradas para algumas atrações que visitei na viagem além de fotos antigas e o ingresso para o show da Demi! 


Como estava muito ansiosa para colar na parede, coloquei fita banana (simmmmm, você leu direito) e não é que pregou? Mas é provisório, só  até algum dos meus tios ter um tempinho livre e pregar para mim! 





pasmem, euzinha sem esmalte ueheuhe tirei o ciso e estou higiênica. 

Eu sou apaixonada por decoração e vocês? Estou sempre tendo umas ideias loucas para o meu quarto, querem que eu traga mais coisas parecidas? Alguém tem mural de cortiça? Ficou alguma dúvida?

Resenha: Quem é Você, Alasca?

Postado por Anne Gattini 14 comentários


"...se as pessoas fossem chuva, eu era a garota e ela, um furacão." 




Eu sou dessas que do nada cisma com uma coisa e não tira mais da cabeça, do nada eu decidi que queria ler esse livro, li várias resenhas e quase no dia seguinte, comprei! Quem é você, Alasca é o primeiro romance de John Green (autor de A Culpa é das Estrelas), ele é divido em duas partes "antes" e "depois" cada capítulo tem uma data, começando por "cento e trinta e seis dias antes" e terminando com "cento e trinta e seis dias depois", você passa toda a primeira parte pensando no que vai ser essa super-coisa-fantástica que acontece entre as duas coisas, que muda completamente o rumo do livro! 
Particularmente, eu não achei "quem é você, Alasca" um título tão bom, já que o em inglês, "Looking for Alasca" daria uma tradução "Procurando por Alasca" que se encaixaria mais, porém toda a capa e diagramação me agradarou muito, o livro tem uma margem muito boa, dá para ler deitada na capa quentinha (hmmm com essa chuvinha ♥) sem o menor problema e as folhas amareladas são MUITO amor! 


"a" de Alasca e de Anne também (=

"Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta Fraçois Rabelais, quando estava à beira da morte chamou de "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez". Quem é você, Alasca? narra de forma brilhante o impacto indelével que uma vida pode ter sobre a outra. Este livro incrível marca a chegada de John Gree como uma voz importante na ficção contemporânea" 


DSCF5833

Das várias resenhas que li, a maioria delas falava que ao longo do livro éramos convidadas a pensar, sobre aonde queremos chegar e o que estamos fazendo e eu concordo bastante, as atitudes do "Gordo", "Coronel" "Takumi" e "Alasca" realmente nos fazem refletir sobre o agora e o nosso futuro, os reflexos das nossas ações... 
O livro não tem tanto assim de romance, acho que é uma dessas classificações que as pessoas colocam de modo inseguro, só porque não sabem aonde encaixar, no geral é bem diverso, tem amor sim, mas também tem um tanto gostoso de mistério - com certeza você vai ficar curiosa/o! - e principalmente, amizade! Agrada jovens e adultos! 

Não posso dar mais detalhes sobre o enredo, pois um pouco mais que eu falar (ou escrever?) vou desagradar muito aqueles que não curtem spoilers, enfim o livro correspondeu muito às minhas expectativas e embora no meio do livro eu tenha classificado como 4 estrelas em um grupo do facebook, eu gostei muito do final, o autor realmente sabe o que fazer e minha classificação mudou para 5 estrelas de 5 ♥ 

Já leram? Gostam de John Green? Pretendem ler? Gostaram da resenha? 

Naufragando pelo Canal da Mancha: Eurodisney

Postado por Anne Gattini 17 comentários
Enquanto eu estava naquela fase super gostosa de organizar a viagem, lembrei da existência de um lugar especial: a Disneyland Paris, e pedi pra colocar um dia extra, pra poder visitar! Eu ammmmmo parques e não podia deixar de ir nesse que é tão mágico né? 
A agência de viagens (esqueçam que isso existe sério, vale muito mais a pena organizar por conta própria) não ajudou em nada, só adicionou a noite extra e colocou um motorista pago pra nos levar e buscar, dizendo que o metrô é super complicado de mexer, o que é uma grande mentira, tudo organizado e com um pouco de inteligência básica dá ir para qualquer lado... 


O parque não fica em Paris, e sim numa cidade bem próxima, "Marne-la-Vallée" e abre as 10 horas, ou seja, não precisa acordar tão cedo assim hehehe (depois de vários dias acordando as 6, dormindo meia noite e andando o dia inteiro, quase sem parar, você fica extremamente feliz de poder acordar as 8). Eu escolhi a opção 1 dia, 2 parques e comprei os ingressos pela internet, no site oficial {www} dica básica: compre todos os ingressos antes, porque na hora as filas são enormes. 

   


Os parques são pequenos, o Walt Disney Studios é o menor deles, tem umas lojas legais (a primeira coisa que eu fiz foi comprar o meu arquinho da Minnie, pra sair desfilando lindamente já que eu sou uma princesinha mesmo) e depois fui para um dos brinquedos que eu estava louca, o Crush Coaster, a montanha russa do Nemo, no escuro e muito bem trabalhada ♥ andei pelo parque, comi um cachorro quente estranho (pão + salsicha) e passei para o Disneyland Park, que tem a maioria dos brinquedos, um dos que me chamou bastante a atenção, foi o do Piratas of Caribbean onde passeamos de barco pelo "mundo" do filme ♥♥♥ já o do Peter Pan (eles falam tão buni, píter pan) me decepcionou, uma fila enorme, para 5 minutinhos de brinquedo :/ 

                            
foto: google; 

No geral, alguns parques como o Hopi Hari e o Beto Carrero são melhores, mas eles tem tanto cuidado com a magia, com os detalhes, com a fantasia, que deixa tudo muito, mais muito mágico *-* 
Super vale, esperar até as 23 horas, quando começa em ponto o festival Disney Dreams, é a coisa mais perfeita do mundo, eu chorei #prontofalei é como um musical no castelo da Bela Adormecida, com músicas dos desenhos, animações refletidas no castelo, jogo de luzes, fogos de artifício, chamas de fogo, fontes que dançam conforme a música, entre outros HIPER BEM FEITO (((: 
Na hora de voltar, é legal ter o telefone de um taxi, ficamos meio com medo e aí a van finalmente prestou para alguma coisa hehe 

Vocês gostam de parques? Já foram em alguma Disney? E nos parques brasileiros? 
Beijos, 
Anne!
PS: As últimas imagens estão com formato diferente pois tirei com o iPad, minha câmera descarregou justamente nesse dia e só consegui carregar em londres! 

PSS: Não estou conseguindo aprovar os comentários, mas estou retribuindo do mesmo jeitinho ok? Vou resolver isso rápido! 

3º Encontro de Blogueiras de MG!

Postado por Anne Gattini

eu + minha cara de paisagem, thais, joowci, amandinha e bia <3 

Oi galera, tudo joia? Desde o ano passado, eu e a Amanda estamos fazendo alguns encontros de blogueiras, modéstia parte, os melhores! Esse é a nossa terceira edição e você não pode perder de jeito nenhum!
Todos os outros foram no BH shopping, mas acabava não sendo um encontro de blogueiras em si e sim uma volta no shopping com as amigas, que embora seja muito bom dessa vez resolvemos diferenciar e optamos pelo Parque Ecológico da Pampulha no dia 11 de outubro, que é muuuito fotogênico!
Faremos um piquenique e assim como o primeiro, teremos sorteios, precisamos que confirmem presença, até dia 4/10 aqui no GRUPO
Se você for como a zombitch, bia e não tiver facebook, pode entrar em contato comigo pelos comentários e ir do mesmo jeito, mas por lá você pode fazer amizade com o pessoal antes e isso com certeza faz toda a diferença!
Pode levar a câmera, algumas gordices para dividir com a gente, presentes, cartinhas, acessórios fotogênicos, de tudo!
Alguém vai? Já foram nesses encontros de blogueiras? Tem vontade de ir?
Contamos com vocês ♥

O livro das Princesas *o*

Postado por Anne Gattini 26 comentários

Eu sou apaixonada por escritoras brasileiras, a primeira que eu conheci foi a Paula Pimenta e venho acompanhando seu trabalho desde então... Depois do lançamento de Minha Vida Fora de Série 2, que eu não pude ir, fiquei dando uma olhadinha na agenda dela e logo sairam as datas do lançamento do O Livro Das Princesas escrito com a Pat Barboza, Meg Cabot e Lauren Kate, no qual eu pude comparecer (!!!!!) mas, vou deixar o lançamento para outro post já que eu não levei a camêra e dependo das fotos da Bia. 


Como eu já disse, tenho uma paixãozinha maluca por autores brasileiros, acho as histórias bem mais fáceis de ser imaginadas porém, nesse livro em especial que eu pensava que sentiria um contraste enorme entre uma história e outra justamente por causa da "nacionalidade"  isso não aconteceu! Gostei muito de todas as histórias e me chamou a atenção em como as autoras misturaram os contos de fadas que todo mundo já ouviu quando criança no meio dos personagens modernos e que poderiam facilmente ser eu, você ou a sua melhor amiga. 


Assisti uma twitcam da Paulinha e ela falava que os príncipes dela e da Meg tinham o sobrenome "Prince" mas que uma não tinha lido a história da outra antes do livro estar pronto, foi tipo uma coincidência que deu um detalhe super legal para o livro! 
O conto da Lauren Kate é todo místico e é o mais diferente além de ter tanto a narrativa da Talia quanto a do Percy, a rapunzel da Pat Barboza me surpreendeu, já que eu não sabia o que esperar, foi a primeira vez que li algo escrito por ela e adorei! 


Sendo mais prática, o livro tem um bom espaço de margem e um bom tamanho da letra, a leitura flui super rápido (li em um dia) pois são contos pequenos (por exemplo, o da meg teve 80 páginas, o da paula mais ou menos 110) e quando você acaba a primeira história, quer logo saber o que a próxima autora imaginou...


O Livro das Princesas | editora Galera | Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patricia Barboza
para comprar: saraiva {www} - promo!
       cultura {www}
             submarino {www}

Vocês gostam de literatura nacional? Conhece essas autoras? O livro está na sua wishlist? Já leram? Gostaram?




 

but, anneway Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos